COMO FUNCIONA NOSSO PROCESSO DE CONTRATAÇÃO

1 Crie uma conta no site
2 Escolha um curso
3 Realize seu pagamento on-line
Caso tenha alguma dificuldade envie e-mail contato@abecipeducacao.org.br. Obrigado!

FALE CONOSCO

Seg. a Sex. 9:00 - 18:00
Tel: (11) 3286-4855
contato@abecipeducacao.org.br

5 fatores para observar na sua incorporadora e se preparar para a retomada do setor em 2019

Como você está se preparando para o novo momento do mercado imobiliário?

10/04/2019 / Categoria(s) Mercado imobiliário

O ano começou sob novo governo e com a perspectiva de que uma nova dinâmica de desenvolvimento se inicie também. Especialmente para o mercado imobiliário que, após um longo período de recessão, deve consolidar já em 2019 um novo ciclo de crescimento.

Os indicadores são muitos, como a queda da inflação, a manutenção das taxas de juros em patamares muito baixos, a recente aprovação do Projeto de Lei que regulamenta o distrato, assim como a recuperação dos preços dos imóveis, como se vê no resultado do IGMI-R ABECIP de dezembro de 2018, apontando crescimento de 0.64% no preço nominal dos imóveis residenciais em 10 capitais brasileiras, trazendo a variação dos preços para o campo positivo, onde não estavam desde 2015.

            É claro que tudo depende da concretização da retomada da economia por meio das reformas estruturais necessárias e da volta dos investimentos. Mas para que você possa alinhar a estratégia da sua empresa com o cenário do mercado, sugerimos observar 5 aspectos importantes e que serão determinantes para o sucesso em 2019. Vamos lá.

1 - A oferta de imóveis

É notório o fim da fase de recessão do mercado, onde o excesso de oferta e a crise dos distratos originou um enorme estoque de produtos. Ocorre que já não há ofertas suficientes e uma nova onda de lançamentos é não só esperada, como necessária para atender às demandas do mercado.

2 - O produto está certo?

Certifique-se que seu próximo lançamento está adequado às características demandadas pelos consumidores da região em que o produto será desenvolvido. Uma oferta desalinhada com a demanda pode significar uma velocidade de vendas inadequada e uma diminuição no resultado do negócio, entre outros problemas.

3 - A que funding você terá acesso?

SBPE, FGTS, securitização, enfim, encontrar a fonte de financiamento correta é um fator crítico nesse negócio. Os bancos estão demostrando apetite para emprestar, obviamente que com as devidas calibrações de garantias e qualidade dos projetos, mas fique atento se pretende utilizar recursos do FGTS, pois há um número muito grande de empresas pretendentes e os bancos oficiais não conseguem atender a todos os postulantes.

4 - Índice de confiança do consumidor

Fique atento aos humores do consumidor, que é medido mensalmente por diversas instituições de pesquisa. O momento agora é propício para uma abordagem de venda e de otimismo, apesar da ainda grande massa de desempregados no país. No entanto, de acordo com a pesquisa da CNI, as perspectivas de retomada da economia elevaram o índice a um nível que não atingíamos desde 2012, com prováveis e esperados reflexos positivos no programa Minha Casa Minha Vida.

5 - Treinamento de equipes

O último ciclo de crescimento do setor imobiliário, a partir de 2008, foi forte e deixou uma importante lição: as empresas não estavam suficientemente preparadas em recursos humanos para absorver tamanha demanda. O ciclo vai se repetir, mas espera-se que o mesmo erro não. Portanto, identifique as competências que precisam ser desenvolvidas nos seus times, especialmente nas áreas de incorporação, finanças, jurídica, marketing e vendas. Após tantos anos de perdas e de retração da oferta, a competição será grande entre os players e vencerá quem estiver melhor preparado.



  • Compartilhe



ACESSE SUA ÁREA DO ALUNO

CRIAR CONTA

ESQUECE OS SEUS DETALHES?

TOPO